terça-feira, março 08, 2011

Registo Diario uma ferramenta para Recuperar


Se pensar bem, provavelmente, já escreveu sobre as suas experiências, relacionamentos e aventuras. Refiro-me ao “velhinho” diário que está guardado numa caixa esquecido. Aquele diário oferecido, quando éramos crianças e ou adolescentes, onde secretamente ou não, registávamos os eventos e as experiências mais significativas e passado um tempo voltávamos a ler, vezes sem conta, tudo outra vez, como se não houvesse amanhã.

Hoje em dia, de acordo com vários estudos, revelam que escrever, sobre si próprio (registo diário), pode apresentar alguns benefícios, por ex. redução do nível de stress, melhora o estado de humor e a sensação de bem-estar, reduz sintomas de tristeza e depressão.

Ao longo da minha experiência profissional, sempre apelei e continuo incentivar o registo diário. Para aqueles que têm o desejo sincero em recuperar da adicção activa, sejam substâncias psicoactivas (drogas lícitas, incluindo o álcool, e as ilícitas) ou comportamentos (jogo, distúrbio alimentar, sexo, codependência) o registo diário é um excelente recurso cujo intuito possibilita a auto-reflexão e a autocrítica construtiva (feedback). Como é do conhecimento geral, a mudança de atitudes e comportamentos exige auto monitorização, motivação, honestidade e compromisso, assim o registo diário pode revelar-se uma ferramenta útil para recapitular (gravar/histórico) os seus pensamentos, experiências e emoções num caderno, no Pc, no notebook, tablet, etc.

**O registo diário pode permitir a reflexão sobre o propósito das suas ambições e projectos pessoais, ajudar a desafiar os padrões/crenças negativas (erros cognitivos) e auxiliar na valorização das pequenas e simples coisas da vida. Escrever sobre as suas emoções pode beneficiar permitindo manter uma perspectiva construtiva e objectiva durante situações adversas e dolorosas, identificar emoções mais profundas e reveladoras e ser um canal (plataforma) para a sua criatividade.

**
Alguns tipos de Registo Diário:
*
  •      Fluxo de Ideias e Sentimentos (Ouvir-se a si mesmo) - Escreva sobre tudo aquilo que vier à cabeça, sem fazer auto critica imediata. Deixe as ideias e os sentimentos fluírem.
  •   Impulsionar o Pensamento Construtivo – Escreva sobre temas específicos e reflicta elaborando uma compilação, a fim de estimular o interesse sobre algo (por ex. recuperação, relacionamentos, doença da adicção, a raiva, o medo)
  •  Registo Diário da Gratidão – Escreva sobre momentos de agradecimento e reconhecimento e desenvolva uma análise que permita apreciar as coisas simples do dia-a-dia. Ajuda a incrementar a atitude positiva em relação a pessoas, coisas e situações na sua vida (ex. auto-afirmação, resiliência e pode reduzir o stress).
  • Registo Diário Meditativo – Reflectir sobre determinadas memórias anotando o significado na sua vida, Aqui-E-Agora. Por ex. pode escrever sobre algo que tenha lido (livro, blogue, internet, revista) que tenha suscitado interesse e que deseje aprofundar, com mais detalhe, o seu conhecimento sobre si mesmo. Também pode elaborar ideias que ainda não tenham a consistência desejada e necessária, por ex. teorias, sentimentos.

1 comentário:

Existe uma Solução disse...

Caro João! Um bom dia1 Realmente, lendo a sua sugestão de escrever um tipo de diário, acho essa atitude fundamental e o alicerce para fugir da negação. "Fizemos um minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos". Esse 4º passo vale e muito para o auto-conhecimento. abraço fraterno.
André Luiz Dias.